"Acabo de aceitar o honroso convite", oficializa Ciro Nogueira a ida para Casa Civil

Com a ida de Ciro Nogueira para a chefia da Casa Civil, quem assume o mandato no Senado Federal é sua mãe, Eliane Nogueira.
créditos: cidadeverde.com

 

Em rede social, o senador Ciro Nogueira, presidente nacional do Progressistas, acaba de confirmar que aceitou o convite do presidente Jair Bolsonaro para assumir a Casa Civil. Ciro Nogueira estava de férias no México, chegou ontem à noite em Brasília, e se reuniu agora há pouco com o presidente no Palácio da Alvorada.

“Acabo de aceitar o honroso convite para assumir a chefia da Casa Civil, feito pelo presidente @jairbolsonaro. Peço a proteção de Deus para cumprir esse desafio da melhor forma que eu puder, com empenho e dedicação em busca do equilíbrio e dos avanços de que nosso país necessita”.

A data da cerimônia de posse ainda não foi confirmada.

O piauiense assume a pasta com a atribuição de auxiliar o governo federal na coordenação das ações dos ministérios e órgãos da administração pública e fortalecer o diálogo do Executivo com o Congresso Nacional. Com mais de duas décadas de atuação no parlamento, Ciro agradeceu a confiança do presidente e afirmou que chega para somar.

Sua mãe assume suplência

Com a ida de Ciro Nogueira para a chefia da Casa Civil, quem assume o mandato no Senado Federal é sua mãe, Eliane Nogueira.

Eliane e Silva Nogueira Lima é empresária, nascida em 3 de julho de 1949, e sempre esteve próxima da política – em razão do casamento com Ciro Nogueira Lima, cujo pai, Manoel Nogueira Lima, vem de uma longa tradição política na cidade piauiense de Pedro II. Eliane é gestora de empresas da família, tendo desenvolvido no dia a dia dessas companhias sua experiência em administração.

Em 2018, depois de estar nos bastidores de outras campanhas do filho para deputado federal (1994, 1998, 2002 e 2006) e para senador em 2010, Eliane Nogueira disputou a sua primeira eleição na condição de suplente de senador e agora assume a cadeira como senadora pelo estado do Piauí.

 


COLUNISTA
Eudes Martins
COMPARTILHE O LINK DA MATÉRIA