13/12/2017 (xx) xxxx-xxxx

Manchetes

Vereadores debatem aplicação da Lei do Silêncio

Debate foi gerado depois de muitas reclamações de paredões de som na cidade

Por Redação 13/11/2017 às 23:01:24

Dois temas foram bem discutidos na Sessão Ordinária da Câmara de Vereadores de Pedro II na tarde e noite desta segunda feira dia 13. Temas que inclusive tem afetado diretamente a população da cidade nos últimos meses que foram os novos capítulos da Crise Hídrica e o tema que começa a fazer um grande barulho nas redes sociais, rodas de conversa e espaços públicos que a poluição sonora fortemente crescentes nos últimos finais de semana principalmente pelos carros com paredões e motos com canos alterados. A maioria dos parlamentares se mostrou preocupados com essas situações que tem afetado diretamente a população da cidade.

O debate é movido após repercussões nas redes sociais e também de muitas reclamações da população sobre paredões de som que tem incomodado as pessoas na hora de seu descanso noturno e também pelo silêncio da lei municipal do silêncio se encontra.

Para o Vereador Robério Leite além da Polícia a Guarda Municipal pode colaborar na fiscalização dos paredões com sons excessivos principalmente a noite, quando as pessoas estão em seu momento de descanso.

O Vereador Carlinhos lembrou que a Delegacia de Polícia precisa acompanhar mais de perto esses eventos que provocam a poluição sonora já que os espaços que realizam eventos noturnos retiram uma licença para a realização destas festas.

O Vereador Samuel Silva disse que é preciso o bom censo das pessoas que tem esse tipo de som para não se excederem e sugeriu ainda que o município possa pensar num espaço reservado para que esses paredões de forma organizada possam funcionar sem incomodar a população.

O Vereador Evandro Nogueira também dedicou um espaço em sua fala para abordar o tema. Segundo o parlamentar a poluição sonora passa pela educação, o bom censo, sem isso fica uma caso difícil de chegar a uma solução, lembrava.

O Presidente da Casa Marcelo Coleta também lembrava durante sua fala que a perturbação noturna de alguns tipos de sons tem de fato deixado muitas famílias incomodadas, tirando o sono de muitos pais de famílias que precisam levantar cedo para trabalharem.