13/12/2017 (xx) xxxx-xxxx

Manchetes

Alarmante: Pedro II já perfurou mais de 800 poços tubulares no setor urbano

Os dados preocupantes foram apresentados durante Seminário sobre a Crise Hídrica

Por Redação 19/11/2017 às 10:11:46

Uma crise ainda distante de ser superada no que diz respeito a ausência de água nas torneiras nas casas das famílias de Pedro II tem promovido debates, ações, reivindicações e eventos com a temática que tem avançando muito pouco dado a situação de muitos discursos e poucas ações. A crise hídrica teve mais um momento de debate e a criação de um documento na manhã deste sábado dia 18 com a realização do Seminário de Sustentabilidade Ambiental de Pedro II no auditório do Colégio Angelina Mendes Braga onde contou com a presença de delegados das plenárias realizadas nos bairros da cidade. O Seminário contou também com representantes da Agespisa local e do Instituto de Águas do Piauí, órgão que colabora com a Agespisa na gestão das águas em Teresina.

O Seminário foi dividido em três momentos. O primeiro deles foi reservado para um dos organizadores do evento, no caso o Rogério da ACONTUR apresentar o resultado das plenárias realizadas nos bairros.

O segundo momento contemplou a fala dos convidados entre eles a Kolping, o Mandacaru, a Matões FM e a Agespisa local.

O terceiro momento foi destinado para os delegados fazerem suas sugestões, críticas ou observações no tocante ao tema.

Durante a apresentação de resultado das plenárias, o Rogério da ACONTUR trouxe dois dados preocupantes. O primeiro deles é que 90% dos problemas enfrentados nos bairros no tocante ao acesso à água é de infraestrutura, o segundo que segundo é que o setor urbano de Pedro II já tem cerca de 800 poços perfurados o que torna a cidade uma tábua de pirulito.

Na parte final foram decididos alguns encaminhamentos que estarão sendo apresentados na programação jornalística da Matões FM a partir de segunda feira dia 20 de novembro.

Fonte: Neto Santos

comentários