22/01/2018 (xx) xxxx-xxxx

Educação

Fundação Santa Ângela e Uespi celebram parceria de sete anos em projetos de extensão

Evento ocorreu na última sexta feira 01.12

Por Redação 11/12/2017 às 23:37:17

Com o tema "frutos da perseverança", o evento em celebração à parceria entre a Fundação Santa Ângela (FSA) de Pedro II, por meio da Escola Família Agrícola Santa Ângela (Efasa), e o programa de extensão da Universidade Estadual do Piauí (Uespi), Humanismo Caboclo, ocorreu na última sexta-feira, dia 1. Durante a solenidade, quase 100 estudantes de ensino médio e técnico da escola receberam certificados emitidos pela Pró-Reitoria de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários da Uespi (Prex/Uespi) por participação no Curso de Formação de Educadores Jovens do Campo, oficina de Juventudes e Sociologia e oficina de Comunicação Popular realizadas neste ano.

A solenidade foi aberta com uma mística (apresentação que reúne elementos sociais, políticos e empíricos de motivação à luta popular) que trouxe aspectos de luta da juventude camponesa por acesso à direitos básicos de cidadania. Contou também com a apresentação do cordelista, João Vitor Andrade, que lançará em breve uma coletânea de cordéis sobre a cidade de Pedro II, fruto de sua participação na oficina de Comunicação Popular.

O Pró-Reitor de Extensão, Assuntos Estudantis e Comunitários da Uespi, professor Raimundo Dutra, realizou uma apresentação sobre o tema "extensão universitária e educação básica: mediações necessárias" e afirmou a satisfação da Universidade em integrar a parceria com a instituição Pedrossegundense. "Este trabalho é a prova de que a Uespi vem cumprindo sua missão social em prol da construção da cidadania entre os jovens e suas comunidades, além de demonstrar a dedicação e vontade de toda a equipe envolvida em transformar o mundo", declarou.

Durante o evento, as estudantes de Comunicação Social - habilitação em Relações Públicas, Laudicéia Uchôa e Ohana Luize, lançaram a revista especial "Frutos da Perseverança". Por meio de uma linha do tempo com textos e imagens, a revista mostra os resultados dos anos de realizações do programa de extensão Humanismo Caboclo, coordenado pelo professor Luciano Melo, em parceria com a FSA/Efasa e colaboração da Associação das Escolas Famílias Agrícolas do Piauí (Aefapi).

Após a entrega de certificados das atividades para os participantes, o discente do curso de Comunicação Social - habilitação em Jornalismo da Uespi, Joaquim Cantanhêde, apresentou o documentário "Seiva". "Seiva traz recortes audiovisuais das atividades realizadas neste ano. Evidencia, no âmbito da Fundação e da Efasa, outra educação, não em uma perspectiva reta e engessada, mas focada na formação cidadã dos educandos. Num contexto que os coloca como protagonistas de suas vidas, detentores de suas escolhas, agentes de transformação social", disse o documentarista.

O educando, Jefferson Pinho, ressaltou a importância que os módulos do Curso de Formação de Educadores Jovens do Campo lhe possibilitaram e o aprendizado que vai levar por toda a sua vida com base nos ensinamentos de Paulo Freire. "O curso foi de grande importância na construção crítica da minha vida, desde em conhecer e abordar os temas sociais e também em saber os meus direitos e deveres como cidadão, compreender que com a união todos vamos para frente fazendo parte do pensamento de Paulo Freire que diz: "Ninguém liberta ninguém, ninguém se liberta sozinho: os homens se libertam em comunhão"", contou o educando.

Texto de Maria Clara Morais

Foto: Joaquim Cantanhêde

comentários