14/12/2018 (86) 8176-6846

Economia

MDS bloqueia mais de 42 mil benefícios do Bolsa Família no Piauí

No total, 42.231 ficaram sem o benefício.

Por Redação 04/01/2018 às 23:00:16

Mais de 42 mil famílias tiveram os pagamentos do Programa Bolsa Família bloqueados no Piauí. No total, 42.231 ficaram sem o benefício do Ministério do Desenvolvimento Social (MDS) por irregulares. Os dados foram divulgados nesta quinta-feira (4) pelo Ministério da Transparência e Controladoria-Geral da União (CGU), que realizaram  auditoria para verificar a confiabilidade dos resultados do cruzamento das bases de dados oficiais com os valores de renda declarados pelos beneficiários no Cadastro Único.

O MDS aplicou o bloqueio dos benefícios para os casos em que as famílias tiveram renda per capita inconsistente identificada entre R$170,00 e meio salário mínimo (R$ 440,00), visto que se enquadram na regra de permanência (flutuações pontuais de renda que não alteram a condição estrutural de pobreza), sendo necessário o recadastramento para o desbloqueio. 

Segundo a CGE, outras 13.636 famílias piauienses tiveram o benefício cancelado por ter renda superior a meio salário mínimo. No Estado 450 mil famílias têm acesso ao programa.

O cruzamento de dados realizado pelo MDS utilizou uma nova metodologia, a qual foi proposta por um Grupo de Trabalho Interinstitucional (GTI), formado por representantes da Casa Civil da Presidência da República, do próprio Ministério do Desenvolvimento Social, do Ministério da Fazenda, do Ministério do Planejamento, da CGU, do Instituto Nacional de Seguro Social (INSS) e da Caixa Econômica Federal. Também ocorreram debates envolvendo a Polícia Federal (PF), o Ministério Público Federal (MPF) e o Tribunal de Contas da União (TCU).

Como resultado, em todo o país foram identificadas mais de 2,5 milhões de famílias que recebiam benefícios do Programa Bolsa Família com indícios de inconsistência cadastral.






Publicada por Eudes Martins

comentários