17/10/2017 (xx) xxxx-xxxx

Saúde

Ministério da Saúde recomenda reforço na higiene após detectar zika em urina e saliva

Dicas incluem lavar as mãos e evitar compartilhamento de objetos pessoais.

Por Redação 05/02/2016 às 23:06:48

O Ministério da Saúde recomendou nesta sexta-feira (5) que as pessoas adotem "cautela e prevenção" e reforcem medidas de higiene para evitar o contágio pelo vírus zika. Entre as medidas sugeridas estão evitar compartilhar objetos de uso pessoal, como escovas de dente e copos, e lavar as mãos com frequência.

As recomendações foram divulgadas após o anúncio da Fiocruz, no Rio, de que o vírus zika foi encontrado de "forma ativa" na urina e na saliva de dois pacientes, que têm sintomas compatíveis com a infecção. O vírus ativo é aquele que tem potencial para provocar a doença.

O ministério afirmou que a evidência não é suficiente para dizer que a saliva com vírus zika é capaz de transmitir a infecção. "Serão necessários outros estudos para analisar, por exemplo, qual o tempo de sobrevivência do vírus zika e, após passar pelos sucos gástricos, se tem capacidade de infectar as pessoas", diz a pasta.

Fonte: G1

comentários