13/12/2017 (xx) xxxx-xxxx

Manchetes

Dias se reúne com executivos para reabertura da Itapissuma

Amanhã, em São Paulo, governador se reunirá com executivos da fábrica de cimento para evitar fechamento total

Por Redação 02/10/2017 às 09:06:57

O governador Wellington Dias desembarca amanhã em São Paulo na tentativa de evitar o fechamento total da fábrica de cimento Itapissuma, localizada no município de Fronteiras, no sul do Estado. Desde março, a indústria fechou as portas desempregando mais de 500 pessoas e prejudicando a economia da região. 

No entendimento do governador, há três caminhos possíveis de serem seguidos para possibilitar a reabertura da empresa. "Há uma proposta de grupos empresariais que se propõem a comprar a empresa; grupos do Piauí, da área da construção civil, que se propõem a arrendá-la; além de uma proposta da própria empresa de, com recursos próprios, apresentar uma solução de retorno às atividades", revelou. 

A Itapissuma pertence ao Grupo João Santos, que alegou que o fechamento das atividades no Estado é motivado pela crise econômica. Segundo o grupo empresarial, houve uma queda de 80% nas vendas. Em conversas com os executivos, ficou acertado um prazo para que a indústria desse seu posicionamento. O prazo solicitado pela direção da Itapissuma encerrou no último sábado (30) e o governador não cogita adiar ainda mais a solução. 
Dias ressaltou que a empresa, que é produtora do cimento Nassau, tem uma concessão de benefícios iscais, que está suspensa, e que detém ainda o direito de exploração de uma reserva de calcário com material suficiente para manter a fábrica em atividade por 200 anos. "Tivemos investimentos no local com dinheiro público, combinados com a empresa, nas áreas de energia e estradas para viabilizar as atividades da indústria e o escoamento da produção. Por isso tudo, o Estado tem o entendimento de que essa riqueza, a reserva no subsolo, pertencente à União, entre em atividade para virar um fator econômico como sempre marcou Fronteiras", sustentou.

Itapissuma 

A Itapissuma S/A é uma empresa de capital privado, foi fundada em 1978 e há 39 anos se destaca como produtora de cimento hidráulico e possui 44 fábricas espalhadas pelo Brasil. A fábrica empregava pouco mais de 500 funcionários na região de Fronteiras.






Publicada por Eudes Martins



Fonte: O Dia

comentários